PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Brechó oferece moda sustentável e personalizada, com preço justo

Divulgação

PUBLICIDADE

Roupas podem ser adquiridas a preços mais acessíveis.

 Muitos brechós compram as roupas em lotes. Mas há quem prefira garimpar as roupas, peça a peça, como se estivesse comprando para meu próprio guarda roupa.

A ideia é que as clientes acompanhem todo o processo. Desde o garimpo das roupas em bazares e brechós de São Paulo, Nova York ou Paris, passando pela higienização, restauração e customização das peças”, revela Stheffany, formada em moda e apaixonada por criar estilos.

A loja atende especialmente o público jovem feminino, mas dispõe de araras para homens e jovens senhoras. E se especializou em roupa fashion. Os looks sugeridos por Steffany e sua equipe nas redes sociais acompanham as últimas tendências da moda nacional e internacional, respeitando cores, cortes e compondo também os acessórios.

A loja I Need brechó começou há 4 anos, quando Stheffany Wendy, criadora do projeto, tinha o sonho de conhecer Paris. A jovem trabalhava na loja de tatuagem do pai, ganhando R$ 1,1 mil. Com esse dinheiro pagava sua faculdade de moda, que custava na época, RS 900.

Com o sonho de construir seu próprio negócio, Stheffany começou a vender suas peças de roupas. ”Tirei umas fotos das minhas roupas montando alguns looks e postei no Instagram. Foi surpresa quando as peças se esgotaram em 7 dias. Eu mesma fazia as entregas no metrô’’, conta a jovem empresária. A ideia foi se aprimorando e Stheffany montou uma arara na loja do namorado. Ela conta que tinha finais de semana, que as clientes faziam fila para comprar as roupas, e foi com essa demanda que ela decidiu investir e abrir seu próprio brechó.

Hoje o I Need Brechó é um dos queridinhos em São Paulo e soma 99 mil seguidoras no Instagram, que Wendy “garimpou”, de forma orgânica. Os produtos custam de R$ 10,00 a R$ 250,00, sendo todas as peças únicas e exclusivas.

Nas redes sociais, as consultoras mostram como funciona a curadoria das peças fora do Brasil. Stheffany compra as peças em brechós em Nova York, Paris, Londres e Itália. E todo esse processo é postado nas redes, onde as seguidoras-atentas- acompanham tudo. Ao término de cada viagem, as clientes são convidadas ao lançamento das peças e disputam as roupas por ordem de chegada.

Para o final de ano, a empresária prepara uma coleção de roupas para o Natal e o Reveillon . “Estamos juntando roupas, que irão compor o guarda roupa das festas. Nada formal. São looks despojados e, ao mesmo tempo, chics e modernos”, revela.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE