PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sabesp realiza mutirão para negociação de dívidas

Fernanda Carvalho/Fotos Públicas

PUBLICIDADE

Vans e tendas da Sabesp ficarão estacionadas em pontos de grande movimentação.

A Sabesp vai realizar até 20 de dezembro uma “Black Friday” ampliada, com abatimentos que vão facilitar a vida dos clientes que queiram quitar suas contas de água atrasadas. A ação é voltada para imóveis residenciais, comerciais e industriais que tenham contas em aberto, seja na Capital, Grande São Paulo, interior ou litoral. Serão enviadas mensagens SMS e comunicados por meio de ligações avisando os clientes sobre a ação.

Na Black Friday Sabesp, a Companhia disponibiliza ao cliente uma proposta especial para a quitação da dívida. A ação tem como objetivo aproximar o cliente da companhia, flexibilizar a negociação e regularizar a situação para evitar um futuro problema como a interrupção do abastecimento. Vans e tendas da Sabesp ficarão estacionadas em pontos de grande movimentação para receber a população que também poderá se direcionar às agências de atendimento da companhia. A relação de endereços das agências em cada cidade também pode ser acessada no site da Sabesp, na opção Serviços > Agência.

Para negociar, basta ter em mãos o documento de identidade (RG), CPF e uma  conta de água onde aparece o número do Registro Geral do Imóvel (RGI). Poderão fazer o atendimento nas vans, os clientes com conta em débito de qualquer imóvel atendido pela Sabesp. Além da quitação de débitos, os clientes também podem aproveitar a oportunidade para atualizar o cadastro junto à Sabesp ou tirar dúvidas sobre outros assuntos realizados pela companhia.

Vale lembrar que os clientes também podem negociar suas dívidas com a empresa sem sair de casa pelos telefones 195 e 0800 055 0195. A expectativa da Companhia é realizar cerca de 180 mil renegociações durante o período da Black Friday.

SERVIÇO

Até 20 de dezembro – exceto aos domingos

8 às 16 horas, de segunda a sexta-feira; e aos sábados das 8  às 13 horas.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE