PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Câmara de Arujá restringe acesso do público às sessões

Foto: Imprensa/CMA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

População pode acompanhar os trabalhos legislativos pelo Youtube

A primeira sessão da Câmara de Arujá do ano, realizada ontem (1º), não contou com a presença do público. O presidente do Legislativo, Gabriel dos Santos (PSD), retomou a restrição à presença do público e da imprensa, que pôde acompanhar os trabalho pelo canal da Câmara no YouTube.

Devido ao agravamento da pandemia do coronavírus, a Mesa Diretora da Câmara de Arujá, após reunião com todos os vereadores, optou pela restrição total do acesso do público ao prédio da Câmara, inclusive durante as sessões ordinárias, extraordinárias, durante as quais somente os vereadores poderão permanecer em tempo integral nas dependências do plenário.

A medida chegou a vigorar entre março e junho do ano passado. Depois, o Legislativo retomou a permissão de participação do público. A sessão de posse do prefeito Luis Camargo (PSD), do vice Betinho (Podemos) e dos 15 vereadores, no Clube União Arujaense, em 1º de janeiro, foi uma das poucas no Alto Tietê que ocorreu com participação do público.

De acordo com o texto, terão acesso às dependências da Câmara Municipal de Arujá apenas vereadores, empregados públicos efetivos e comissionados, fornecedores de bens e serviços e empregados de empresas que prestam serviços para a Casa de Leis.

O acesso dessas pessoas ainda estará condicionado à verificação de temperatura corporal, com resultado sempre igual ou inferior a 37,8ºC, além do uso obrigatório de máscara em todas as dependências do prédio legislativo.

Enquanto durar a suspensão do acesso presencial, o atendimento da Ouvidoria e do Sistema de Informação ao Cidadão (SIC) serão feitos apenas pelos meios eletrônicos através do sítio da Câmara.

O ato ainda proíbe a cessão das dependências da Câmara para terceiros, salvo em casos de comprovada excepcionalidade e interesse público. Sessões solenes, eventos promovidos pelas Lideranças Partidárias e das Frentes Parlamentares também estão vedados.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE