PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Confira depoimentos de arujaenses que fizeram cursos no Senai

Foto: Divulgação
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Qualificação profissional é essencial para conseguir ingressar no mercado de trabalho

As unidades do Senai em Arujá e Guarulhos contribuem anualmente para a formação profissional de jovens que pretendem ingressar no mercado de trabalho. A instituição é fundamental para garantir qualificação para as indústrias locais, como também para fornecer mão de obra para as cidades vizinhas. Confira depoimentos de jovens que se desenvolveram na unidade.

Clayson de Sousa Rodrigues Costa, 37 anos, eletricista residencial

Foto: Divulgação

“Quando fiz o curso no Senai de Arujá, trabalhava como operador de máquina. Apesar de eu gostar de operar maquina, também gosto muito da elétrica. Iniciei o curso em Arujá de Eletricista Instalador em 2017. Logo em seguida, em Guarulhos, iniciei o de Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. Desde que terminei o curso de Eletricista Instalador, mesmo eu trabalhando em empresa, eu vinha atuando nas horas vagas fazendo manutenção em residências, troca de disjuntores, tomadas, lâmpadas e etc. Sem falar que sempre que eu precisava de uma manutenção tinha que pagar; isso quando achava alguém para fazer a manutenção. Pretendo fazer mais cursos e aprimorar mais ainda o que já aprendi, pois o impacto que os cursos que fiz têm causado e vêm causando na minha vida tem sido muito bom”.

Thomas Leite Dias Correia, 24 anos, eletricista instalador e operador de máquina de usinagem

Foto: Divulgação

“Sou morador de Arujá e, em 2017, fiz o curso de Eletricista instalador e no ano de 2018 me formei também como Operador de Máquina de Usinagem pelo Senai de Arujá, porque queria me qualificar profissionalmente. Foi muito importante ter feito esse curso, porque, por meio dele, consegui oportunidade de emprego com renda melhor. Hoje, trabalho na área de operador de máquina de usinagem e, nas horas vagas, presto serviço como eletricista residencial, como uma renda extra. Se não fosse esse curso, eu teria que ir trabalhar fora da cidade. Enfim, indico para todos os que querem uma oportunidade melhor de emprego, e que queiram uma vaga em uma indústria de Arujá, que façam os cursos disponíveis pelo Senai de Arujá, em parceria com a Prefeitura. Um abraço a todos e boa sorte!”

Alison Adbeel da Silva. 31 anos, técnico de manutenção

Foto: Divulgação

“Concluí o curso de Mecânico de Usinagem Convencional, no ano de 2013, no Senai de Guarulhos “Hermenegildo Campos de Almeida”. Depois, fiz o curso de Eletricista Instalador em 2020 no Senai de Arujá “Celso Charuri”, onde concluí também o curso de Comandos Elétricos, agora em junho de 2021. Esses cursos feitos no Senai ajudaram a alavancar a minha carreira na empresa em que trabalho e abriram muito a minha mente. A estrutura do Senai é muito boa, pois contém oficinas que nos auxiliam a aprender, tanto na teoria, quanto na prática, o que vamos encarar no dia a dia da indústria. Atualmente, sou morador de Itaquaquecetuba, técnico de manutenção e tenho formação como mecânico de usinagem convencional e eletricista instalador”.

Willian Silva Nunes, 22 anos, auxiliar de almoxarifado

Foto: Divulgação

“No ano de 2018 eu fiz Excel Avançado e, no ano de 2019, fiz a Programação e Controle de Produção (PCP) no Senai de Arujá. Agora, nesse ano, estou fazendo Administração na Etec de Arujá e Planejamento e Controle da Produção no Senai de Arujá. Referente aos cursos que fiz no Senai, me ajudaram muito profissionalmente. Antes de eu entrar na empresa que estou hoje (vai fazer três anos), eu já tinha feito o curso de Excel Avançado e esse curso me ajudou no meu currículo e, todos os dias, eu utilizo o Excel. Eu sou auxiliar de almoxarifado e já cheguei a trabalhar na produção, mas em questão de PCP ainda não estive à frente, porém, tenho a qualificação do curso. Também fiz um outro curso no Senai da região, de liderança, no ano passado.”

Gustavo da Silva Rocha, 21 anos, auxiliar de reposição logística

Foto: Divulgação

“O curso no Senai me ajudou bastante, tanto na parte profissional, como um ponto a mais no meu currículo. Graças às aulas, aprendi a interagir melhor com o público e também como fazer um bom currículo, entre diversas coisas. Tanto é que, após o término, na entrega do meu primeiro currículo, fui chamado para atuar na empresa que estou no momento. O curso abriu portas que, antes de eu começar, pareciam que estavam fechadas. Hoje sou muito grato por ter feito parte dos alunos e ter aprendido muitas coisas com o meu professor. Fiz parte da equipe de auxiliar administrativo no Senai de Arujá e estou a um passo de exercer na área, na empresa em que trabalho atualmente. Foi muito gratificante para mim.”

Karoline de Souza Vilaça, de 20 anos, Auxiliar de RH

Foto: Divulgação

“Vou lhes contar um pouco de como foi a minha experiência com o Senai. De acordo com o IBGE, há mais de 14 milhões de pessoas desempregadas no Brasil e se qualificar nunca foi tão importante quanto hoje em dia. Hoje eu trabalho na área de Recursos Humanos. O Senai me ajudou a me qualificar, com suas aulas diferenciadas, testes vocacionais e teste de personalidade. Eles tentam, ao máximo, te preparar para o mercado de trabalho, fazendo com que você conheça seu perfil profissional e como se comportar. Trabalhando na área, valorizo muito o estudo que tive, pois, na prática, as coisas são sempre diferentes e você ter essa noção do que o Senai te disponibiliza já é um ótimo diferencial no mercado de trabalho. Indico a todos, se possível, fazer pelo menos um curso no Senai, porque isso lhes abre portas de lugares que você menos espera”.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE