PUBLICIDADE

Conmebol define Copa América no Brasil e agradece a Bolsonaro

Foto: Lucas Figueredo/CBF
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Argentina recusou sediar a competição por causa da pandemia do coronavírus

Algumas horas após anunciar a retirada da Copa América da Argentina, a Conmebol definiu, na manhã desta segunda-feira (31), que o Brasil vai sediar novamente o torneio. A decisão foi tida como surpreendente, já que o país tem a segunda maior mortalidade pela covid-19 no mundo e, de acordo com especialistas, está próxima de entrar em uma terceira onda de infecções.

Em postagem no Twitter, a Conmebol agradeceu o presidente da República, Jair Bolsonaro, sua equipe e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que atravessa grave crise por denúncias contra o presidente Rogério Caboclo.

A Copa América seria realizada em 2020 na Argentina e na Colômbia, mas foi adiada para este ano por causa da pandemia. Há duas semanas, a Conmebol retirou a competição da Colômbia por conta dos protestos contra o governo. Ontem (30), a Argentina informou a confederação sul-americana que não receberia mais o campeonato por conta da alta de casos de coronavírus no país.

A Conmebol possui acordo com a Sinovac e pretende vacinar todas as delegações com a Coronavac. A entidade ainda vai anunciar os estádios que vão sediar a Copa América.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE