PUBLICIDADE

Daniel Cargnin fatura primeiro bronze do judô brasileiro na Olimpíada

Foto: Breno Barros/rededoesporte.gov.br
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Gaúcho vence israelense Baruch Shmailov na categoria até 66kg

O gaúcho Daniel Cargnin conquistou na madrugada deste domingo (25) a medalha de bronze na categoria até 66 kg na Olimpíada de Tóquio 2020. No lendário ginásio Budokan, a 23ª medalha da modalidade para o país na história dos Jogos foi conquistada com a vitória do atleta da Sogipa sobre o israelense Baruch Shmailov.

A luta foi bastante tensa, o brasileiro precisou ser atendido pelos médicos depois de sofrer um corte após uma entrada do adversário. Mas o jovem atleta de 23 anos conseguiu confirmar a medalha com um wazari.

O japonês Hifumi Abe, que passou por Cargnin na semifinal, ficou com a medalha de ouro, a prata ficou com o georgiano Vazha Margvelashvili. A outra medalha de bronze foi do sul-coreano Baul An.

Antes de chegar na disputa do bronze, Daniel Cargnin bateu o egípcio Mohamed Abdelmawgoud e Denis Vieru, da Moldávia. Nas quartas de final, ele passou pelo líder do ranking mundial, o italiano Manuel Lombardo, com um lindo wazari no final do combate.

Na categoria até 52 kg, a brasileira Larissa Pimenta acabou eliminada na segunda rodada pela japonesa Uta Abe. Na luta inicial, a atleta do Esporte Clube Pinheiros bateu a polonesa Agata Perenc.

Na noite deste domingo (25), será a vez da estreia do judoca Eduardo Barbosa, do Clube Paineiras de São Paulo. Pela categoria até 73 kg, o brasileiro enfrentará o francês Guillaume Chaine às 23h14 (horário de Brasília).

(Com informações da Agência Brasil)

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE