PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Falhas na zona azul têm sido constantes em Arujá

Wellington Alves

PUBLICIDADE

Parquímetros não funcionam na região central da cidade.

Lançado no final de dezembro, o novo sistema de zona azul de Arujá tem causado dor de cabeça para a população. Os parquímetros, instalados pela empresa Zona Azul Brasil, tem apresentado problemas rotineiramente, não permitindo que os motoristas consigam comprar créditos para estacionar os veículos. Ciente da situação, a Prefeitura tem flexibilizado a fiscalização.

Um fiscal de zona azul relatou ao Arujá Repórter que diariamente os parquímetros apresentam falhas. Ele contou que o sinal da operadora telefônica apresenta instabilidade. Os motoristas têm encarado o problema principalmente na região central. Para quem quiser fugir dos parquímetros, a solução é baixar o aplicativo Digipare

Outro problema é o tempo de permanência nas vagas. O motorista pode comprar quatro horas de estacionamento na zona azul, mas pode deixar o veículo apenas duas horas em cada vaga. Após esse período, é preciso retirar o carro e colocá-lo em outra vaga. 

A Prefeitura de Arujá informou que, na semana passada, se reuniu com representantes da empresa para solicitar a solução deste problemas. Já em relação ao tempo de permanência nas vagas, a gestão municipal alega que um tempo maior evitaria que mais pessoas tivessem acesso aos espaços de estacionamento.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE