PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Frentista é preso por vender combustível adulterado em Arujá

Polícia Civil

PUBLICIDADE

No Jardim Rincão, gasolina era vendida com 62% de etanol.

Na tarde de quinta-feira, 6, policiais civis da Delegacia de Polícia de Arujá (Demacro) prenderam um frentista que comercializava combustível adulterado, no bairro Jardim Rincão.

Os agentes diligenciaram até um posto de combustíveis a fim de averiguar irregularidades no estabelecimento. Ao chegarem na Rua Duque de Caxias, os policiais se depararam com o gerente, que inclusive já havia fugido do local no dia 29 de janeiro.

A equipe requisitou a perícia junto ao Instituto de Criminalística e fiscalização da Agência Nacional de Petróleo (ANP), tendo um agente ali comparecido e constatado que a gasolina comum comercializada nas bombas continha uma porcentagem de etanol de 62%, que é extremamente superior ao permitido por lei, que é de 27%. 

Pelo exposto, o gerente foi autuado em flagrante por crime contra as relações de consumo, uma vez que foi surpreendido expondo à venda mercadoria cuja composição está em desacordo com as prescrições legais. O posto de gasolina foi interditado e as respectivas bombas foram lacradas.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE