26.5 C
Arujá
segunda-feira, janeiro 18, 2021
Início Brasil Guarulhos libera alguns comércios a abrirem a partir desta quarta-feira
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Guarulhos libera alguns comércios a abrirem a partir desta quarta-feira

- PUBLICIDADE -

Em Arujá, comércios não essenciais seguem fechados até 10 de maio.

Em live no Facebook, nesta terça-feira (21), o prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), afirmou que a liberação dos comércios de Guarulhos terá de quatro a cinco fases. A primeira etapa começa amanhã, até o dia 5 de maio, em que serão liberadas as óticas, os fornecedores de produtos auditivos e proteses, além das bancas de jornais. Os demais serviços não essenciais continuam suspensos.

Os estabelecimentos liberados terão que se adequar às normas já existentes para os comércios que estavam liberados, como supermercados, que impõe barreiras para evitar aglomeração de pessoas e disponibiliza equipamentos de proteção individual para os funcionários. 

Guti informou que o decreto com as normas será publicado nesta noite. Ele informou bancos e lotérias terão que disponibilizar funcionários para organizar as filas do lado de fora dos seus estabelecimentos.

Outra obrigatoriedade do decreto é a utilização de máscaras por todas as pessoas que saírem às ruas. Os ônibus munnicipais poderão restringir o acesso de passageiros que estiverem sem máscaras a partir da próxima segunda-feira (27).

O prefeito destacou que, se os óbitos pelo novo coronavírus continuarem subindo, haverá retrocessos nas etapas de reabertura do comércio do município. “É preciso uma mudança de comportamento da população para reabrirmos a cidade”, informou.

Com a decisão, Guti deixa de lado acordo dos prefeitos do Condemat (Consórcio dos Municípios do Alto Tietê), que concordaram em seguir a quarentena proposta pelo governador João Doria (PSDB) até 10 de maio. 

Error: Embedded data could not be displayed.

VEJA TAMBEM...

- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

- PUBLICIDADE -