20.9 C
Arujá
sábado, 4 de julho de 2020
No menu items!
Início Cidade Investigado por abuso sexual é preso em operação da PF em Arujá
- PUBLICIDADE -

Investigado por abuso sexual é preso em operação da PF em Arujá

- PUBLICIDADE -

Denúncia partiu de uma empresa norte-americana à polícia brasileira.

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (3) a Operação XCLOUD, para o combate ao abuso sexual infantil e sua divulgação pela Internet. Foi cumprido um mandado de busca e apreensão e um de prisão preventiva no município de Arujá/SP, expedidos pela Justiça Federal de São Paulo.

Um homem foi preso em flagrante por produzir e armazenar arquivos contendo imagens pornográficas de crianças, inclusive envolvendo suas filhas.

A operação foi batizada de XCLOUD em referência ao acusado tirar fotos da tela do computador contendo pornografia infantil e armazenar na nuvem. A empresa americana, ao verificar as imagens, realizou uma denúncia para a Polícia Federal brasileira.

O investigado responderá pelos crimes de produção de arquivos de pornografia infantil e posse de arquivos de pornografia infantil, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, nos artigos 240 e 241B, com penas de 4 a 8 anos de prisão e 1 a 4 anos de reclusão, respectivamente. 

Mais lidas

Venda de gás de cozinha, acima de R$ 70, está irregular e deve ser denunciada

Consumidor deve denunciar locais que vendam gás de cozinha com preço abusivo.O Procon de São Paulo orienta os...

Posto de gasolina de Arujá é investigado por maior fraude em operação estadual

Operação Olhos de Lince, do Ipem, multou 63 postos de gasolina no EstadoO Ipem (Instituto de Pesos e...

Colapso de leitos na Grande SP deve ocasionar lockdown em Arujá

Fechamento dos comércios não essenciais está mantido até o final do mêsO risco de Arujá entrar em lockdown...

3.129 famílias de Arujá receberão cesta básica a partir de amanhã

Famílias beneficiadas estão inscritas no programa Bolsa FamíliaTerá início nesta sexta-feira (15), por meio do projeto estadual Alimento...
- PUBLICIDADE -