PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Jordonópolis sofre com “mau cheiro” causado por fábrica

Imprensa/CMA

PUBLICIDADE

Vereador promete acionar a Cetesb para buscar solução.

“Cheiro insuportável”. Assim o vereador e vice-presidente da Câmara de Arujá, Gabriel dos Santos (PSD), definiu o odor ocasionado por uma pequena fábrica de ração de cachorro instalada na região dos bairros Jordanópolis e Vila Arujá.

“Estamos vivendo uma situação inusitada no bairro causada por esta fábrica, pois, apesar do odor terrível, ela tem toda a documentação necessária em dia. Ou seja, juridicamente, não há que se questionar, porém é necessário que algum órgão tome as providências para amenizar o cheiro terrível que toma conta do bairro”, declarou o parlamentar.

Gabriel disse ainda que recorrerá à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) para que a autarquia acelere o procedimento apuratório do caso e exija a instalação de um filtro de forma a reduzir o mal cheiro.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE