26.5 C
Arujá
segunda-feira, abril 19, 2021
Início Cidade Padre da Matriz de Arujá discorda de “canetada” de ministro do STF
- PUBLICIDADE -

Padre da Matriz de Arujá discorda de “canetada” de ministro do STF

- PUBLICIDADE -

Paróquia Senhor Bom Jesus de Arujá segue sem missas com participação presencial dos fiéis

Apesar da liberação na noite de ontem (3), das missas presenciais em todo o país, por decisão do ministro Kassio Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), o padre Benedito Donizetti explicou que as celebrações seguem apenas virtualmente na Paróquia Senhor Bom Jesus de Arujá, no Centro.

Na missa transmitida pelas redes sociais, neste Domingo de Páscoa (4), o administrador paroquial defendeu que a Prefeitura que deve recomendar o melhor momento de voltar a receber os fiéis, com segurança. “O ministro nem sabe onde fica Arujá. Deu canetada.”

Entre segunda e quinta-feira desta semana, Arujá registrou 23 mortes por covid-19. O PAM Barreto e o PA Central estão com lotação máxima.

Padre Benedito disse que a pandemia é uma tragédia por falhas humanas. Ele aconselhou os fiéis a vivenciarem a experiência da Páscoa como uma direção a buscar as coisas. De Deus. “Precisamos no momento que vivemos, no Brasil, no Estado e na cidade de Arujá, das coisas do alto. As coisas só da Terra não estão sendo suficientes”, disse.

O sacerdote desejou feliz Páscoa a todos os fiéis. A matriz de Arujá liberou os fiéis a receberem a eucaristia fora da missa.

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Mais lidas

- PUBLICIDADE -