PUBLICIDADE

Prefeitura inicia regularização fundiária nos bairros Limoeiro e Jardim Vitória

Foto: Rodrigo Sitta/PMA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Medida vai beneficiar 650 arujaenses

A Prefeitura de Arujá deu um passo importante nesta terça-feira (10) para a regularização fundiária de 70 lotes no bairro do Limoeiro e 93 lotes no Jardim Vitória, o que irá beneficiar 163 famílias ou mais de 650 pessoas.

“Por meio do convênio que renovamos com o programa Cidade Legal, do Governo do Estado, esta é a primeira ação de muitas que pretendemos realizar na cidade”, afirmou o prefeito Luís Camargo (PSD). O chefe do Executivo Municipal esteve ontem (10) com representantes do programa estadual, que expuseram detalhes de como será feito o trabalho de praxe na localidade.

O trabalho de regularização começou hoje (11) com o mapeamento da região, para verificar se a área física corresponde ao que está na planta, já atualizada, fotografias da fachada dos imóveis, bem como a numeração de cada moradia e visita, porta a porta, de assistente social e equipe, devidamente identificados, para que os moradores sejam orientados sobre toda a ação até a regularização propriamente dita. 

Posteriormente a essa primeira etapa, serão feitos plantões sociais, onde equipes ligadas ao Cidade Legal orientarão os moradores sobre a documentação necessária para o processo da regularização, com esclarecimento de dúvidas e cadastramento das famílias residentes.

As explicações foram dadas à Prefeitura pelo engenheiro Marcelo Cavalcanti e o arquiteto João Vitor Minari, pertencentes a uma das empresas que fazem parte do consórcio contratado via licitação pelo Estado, para atuarem no programa Cidade Legal. A última etapa será o encaminhamento de todos os documentos para a finalização do projeto e a consequente regularização dos lotes, com a entrega das escrituras das propriedades em um prazo previsto de seis meses.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE