26.5 C
Arujá
quinta-feira, junho 24, 2021
InícioPolíticaRedes sociais da Câmara de Arujá são clonadas
- PUBLICIDADE -

Redes sociais da Câmara de Arujá são clonadas

- PUBLICIDADE -

Página do Legislativo foi excluída do Facebook na semana passada

As mídias sociais da Câmara Municipal de Arujá foram clonadas. Uma falsa fanpage foi criada no Facebook em 1º de fevereiro (/camaraaruja), contando atualmente com 24 seguidores, e um perfil igualmente fraudulento foi registrado no Instagram como @cmaaruja – que já conta com 548 seguidores. O Legislativo diz que há indícios de ação coordenada e criminosa, uma vez que os administradores compartilham conteúdos originalmente publicados nos perfis oficiais como sendo deles.

A Casa de Leis já prepara as medidas judiciais cabíveis, como o registro de boletim de ocorrência policial e ingresso de ação judicial.

“Lamentavelmente, pessoas mal-intencionadas – cujas reais motivações ainda ignoramos – promoveram esse ataque covarde a canais de informação oficiais. Não pouparemos esforços para que os culpados sejam brevemente identificados e punidos com o rigor da lei”, anunciou o presidente da Casa de Leis, Gabriel dos Santos (PSD).

O parlamentar ainda apelou para que, nesse meio tempo, as pessoas tomem as precauções necessárias para não serem vítimas de golpes virtuais envolvendo indevidamente a instituição.

Página retirada do ar

No dia 7 de maio, sem aviso prévio, o Facebook removeu do ar a fanpage oficial da Câmara Municipal de Arujá. Àquela altura, o órgão ainda não havia tomado ciência da existência das páginas faltas, o que pode ter motivado a ação da rede social, uma vez que os golpistas chegaram a conseguir um selo de página verificada.

Na própria fanpage clonada há indicação de um link externo para o Instagram igualmente falso, indicando que as clonagens são fruto de uma ação coordenada possivelmente pela mesma pessoa ou grupo.

Medidas

Além da ampla divulgação nas mídias sociais e sítio eletrônico, o Poder Legislativo arujaense irá notificar judicialmente o Facebook da existência das páginas falsas, requerendo sua retirada do ar.

Também será solicitado a restauração da fanpage original, de forma a dar continuidade à divulgação dos trabalhos legislativos, fundamentais à transparência e à garantia do direito à informação dos cidadãos arujaenses.

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Mais lidas

- PUBLICIDADE -