PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Prefeitura de Arujá teve sobra de R$ 8 milhões em 2019

Wellington Alves

PUBLICIDADE

Superátiv é alvo de críticas dos vereadores.

Em audiência pública na manhã desta quinta-feira, 27, na Câmara de Arujá, o secretário municipal de Finanças, Caio Araújo, afirmou que a Prefeitura de Arujá teve um superátiv de R$ 8 milhões nas contas públicas em 2019. Esse recurso foi incluído no orçamento deste ano, mas os projetos que serão financiados com essa verba não foi definida.

O superátiv nas contas é alvo de críticas dos vereadores. Na semana passada, o Legislativo aprovou as contas de 2017 do prefeito José Luiz Monteiro, que teve sobra de R$ 23 milhões. Os parlamentares reclamam que seria melhor investir os recursos em melhorias no serviço público do que se preocupar em deixar o caixa positivo.

O presidente da Câmara, Gabriel dos Santos, afirmou que a Prefeitura precisa dar satisfação aos contribuientes. “Se gasta mais do que o mínimo em saúde e educação e temos problemas sérios nesta área”, reclamou.

Caio reconheceu que a finalidade do orçamento não é gerar lucro e disse que foi uma surpresa o resultado de 2019. “Recebemos um recurso adicional de ITBI, que não era previsto, arrecadação do ISS após mudança para a plataforma digital e a cessão onerosa do petróleo”, explicou.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE